quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Índice de Sesmarias do Arquivo Público Mineiro

Índice revisado, criado com base nas sesmarias arquivadas no APM e no Catálogo de Sesmarias da Revista do mesmo, ano XXXVII de 1988.

A intenção deste índice não é substituir o da referida Revista do APM, mas sim facilitar a pesquisa por nome de sesmeiro, local ou juizados.

Ele conta com as seguinte correções e ajustes, com relação ao Catálogo de Sesmarias do APM:
- Organização do índice por nome, e não por sobrenome;
- Nomes e sobrenomes padronizados. Ex.: Sam Paio = Sampaio; Luís = Luiz;
- Mais de 300 descrições de locais das terras, que anteriormente estavam sem citações, foram pesquisados e preenchidos, com base nas sesmarias arquivadas no APM;
- Correção das descrições de várias localidade, principalmente as que contavam com sócios nas terras. Ex.: sesmaria registrada em SC-293, Folha 7, com 3 sócios. Na descrição dos locais, cada um era escrito de uma maneira = Cor. de Mato Dentro // Cór. Mato Dentro // No cór. do Mato Dentro. Todos os 3 registros foram corrigidos para "Cor. de Mato Dentro";
- Correção de alguns nomes. Ex.: Paulo P.O. = Pedro Paulo;
- Os títulos dos sesmeiros - Alferes, Coronel, Sacerdote, etc... - foram separados do nome;
- Os juizados - Termo e Comarca - também foram separados das descrições dos locais;

As sesmarias sob os códigos SP (Seção Provincial) não foram revisadas.


Caso surja alguma dúvida quanto ao resultado da pesquisa nesse índice, gentileza recorrer ao Catálogo do APM.


Para acessar o índice completo, use o frame abaixo:


se seu navegador não tiver suporte ao frame acima, clique aqui

Algumas considerações sobre as sesmarias do Catálogo do APM:
- Todas as cartas arquivadas no APM, sob o código CMOP (Câmara Municipal de Ouro Preto), são cópias das mesmas cartas arquivadas no APM, sob o código SC (Seção da Colonial);
- Existem várias cartas de outros estados dos pais, como do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul (quase todas sob o código SC-101B) e de São Paulo;
- Muitas cartas são em sociedade (encontrei cartas com até 9 sócios), porém são listadas como se fossem cartas únicas, dirigidas a um só proprietário;
- Algumas sesmarias que consultei no APM, a fim de completar o local das mesmas, tinham anotações laterais dizendo que as mesmas eram "sem efeito", ou pelo fato do sesmeiro não ter ocupado as terras no prazo, ou pelo fato de a carta estar duplicada. Creio que existem mais cartas nessa situação, assim como outros motivos para o "sem efeito";

3 comentários:

  1. Estas cartas de sesmarias estão digitalizadas??

    ResponderExcluir
  2. Boa Noite
    Me chamo Séfora e pesquiso Paraisópolis e Consolação em busca de antepassados. Gostaria de saber se vc tem notícias sobre os inventários destas duas cidades que estavam no Fórum de Paraisópolis se foram descartados (jogados fora)?
    Agradeço a atenção

    ResponderExcluir
  3. Busco a historia de meus antepassados .muito ligada sesmaria Fazendeiros Francisco Querino de Almeida, Vicente Querino de Almeida Bocaina, Manoel Joaquim de Andrade ,Boa Vista Passa Vinte, Luciano Augusto de Faria Aiuruoca MG.

    ResponderExcluir